Fale conosco pelo WhatsApp

Lipoescultura: Como é feita e Benefícios

Barriga de mulher com marcação na cintura

Entenda mais sobre esse procedimento que vem fazendo sucesso entre as mulheres

Os benefícios da lipoescultura são muitos. Em razão disso, muitas mulheres vêm buscando essa técnica para garantir um corpo mais bonito e escultural e, assim, turbinarem a autoestima.

O procedimento da lipoescultura consiste na junção de técnicas de lipoaspiração com lipoenxertia. Ele é muito recomendado, principalmente, nos casos em que as tentativas de eliminação de gordura localizada por meio de exercícios físicos e reeducação alimentar não surtem o efeito desejado.

Além do mais, pacientes também podem sentir a necessidade de modelar ou mesmo aumentar algumas regiões do corpo. Em suma, a lipoescultura consiste em aproveitar a gordura removida pela lipoaspiração para melhorar o contorno de várias regiões do corpo, deixando-o mais harmônico.

Como é feito o procedimento de lipoescultura

A lipoescultura é tratada como uma cirurgia artística. O médico retira a gordura de áreas em excesso (a tradicional lipoaspiração), e em algumas situações, através de um processamento dessa gordura removida, a utiliza para corrigir áreas de depressões.

Dois exemplos são a possibilidade de realçar curvas e aumentar o tamanho das nádegas. A cirurgia tem média de duração de uma a três horas, a depender da quantidade de gordura que precisa ser lipoaspirada. Para fazer tal procedimento, são usadas cânulas – e para cada parte do corpo é indicado um tipo de cânula.

A cânula usada nas costas possui 5mm de diâmetro. Já a do abdômen, de 3 a 4mm. É realizada uma incisão de meio centímetro para que a cânula seja introduzida e possa lipoaspirar a área. Em seguida, é feito o enxerto da gordura do próprio paciente na região que se pretende remodelar.

Em geral, a lipoescultura faz uso de anestesia peridural geral, que apresenta uma eficácia e segurança maiores do que a anestesia local com sedação. Já com relação às cicatrizes, estas costumam ser pequenas e ficam localizadas em áreas escondidas.

Cuidados no pré e no pós-operatório

A primeira consulta antes da lipoescultura ser realizada deve ser uma longa e detalhada conversa entre paciente e cirurgião para que o profissional entenda quais são os anseios e expectativas da paciente.

Além da solicitação de exames de praxe, o tempo do pré-cirúrgico deve ser resguardado com alguns cuidados, tais como:

  • Alimentação balanceada, evitando gorduras saturadas e produtos processados;
  • Consumo de nutrientes benéficos para a cicatrização, como vitaminas A, E, B1 e C, magnésio e zinco;
  • Inclusão de alimentos como cenoura, queijo, fígado, sardinha, manga, tomate, soja, banana, couve, manteiga, amendoim, nozes, linhaça e gema de ovo na dieta;
  • Seguir uma dieta rica em fibras, tais como frutas, vegetais, cereais integrais e cogumelos;
  • Consumo de uma boa quantidade de água;
  • Fugir de alimentos muito salgados ou apimentados, bem como de doces, tortas e bolos;
  • Rejeitar o consumo de bebidas alcoólicas e suspender o cigarro com no mínimo 15 dias de antecedência;
  • Jejum na noite anterior à cirurgia, após um jantar leve.

Alguns desses cuidados também devem ser mantidos no pós-operatório da lipoescultura, sempre sob orientação e supervisão médica. Dentre as principais dicas estão evitar o consumo de alimentos doces e gordurosos, que podem causar o aumento da flacidez e reduzir a produção de colágeno.

Leites e derivados também são vilões neste momento, uma vez que podem provocar gases e prisão de ventre, impedindo a absorção de nutrientes fundamentais nessa fase de recuperação.

A cafeína, presente em café, refrigerantes de cola e chá preto, também deve ser evitada, bem como o consumo de carnes vermelhas. Outro tipo de item que deve ser afastado do prato é aquele rico em fermentação, como feijão, lentilha, repolho, grão-de-bico e massas.

Além do mais, bebidas alcoólicas não combinam com medicamentos. Consumir vitamina C é uma boa pedida. É permitido incluir água e sucos naturais, uma vez que estes ajudam na hidratação do organismo e na diminuição do inchaço.

O ovo também é importante neste momento, pois ajuda no fornecimento de proteínas, que refazem os tecidos perdidos na lipoescultura. As fibras também são muito bem-vindas.

A grande dica, contudo, é sempre consultar um médico especializado para tirar todas as suas dúvidas sobre a lipoescultura. Portanto, agende uma consulta agora mesmo e dê esse importante passo.

Fonte:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.