Fale conosco pelo WhatsApp

O que é mastopexia de substituição?

imagem ilustrativa

A mastopexia de substituição é uma cirurgia plástica que torna os seios mais elevados e destacados

O descontentamento com a aparência das mamas é um dos principais responsáveis pela baixa autoestima das mulheres, que frequentemente se sentem insatisfeitas com os efeitos do envelhecimento sobre os seios. A mastopexia de substituição é uma cirurgia plástica que pode ser muito eficiente para solucionar esta questão estética, devolvendo autoestima e bem-estar às pacientes.

A mastopexia de substituição é um procedimento de correção da queda das mamas que consiste na remoção do tecido mamário e uso de próteses de silicone para dar sustentação ao seio. A proposta é retirar parte da glândula mamária que sustenta a pele para que o volume perdido seja recomposto com a colocação de um implante.

No que consiste o procedimento?

A mastopexia é uma cirurgia plástica que promove a correção da flacidez ou caimento dos seios, um efeito que pode ter relação com a idade, gestação, ganho e perda de peso, genética e diversos outros fatores. Na intervenção tradicional, é feita a remoção de uma parte da pele da paciente, glândulas mamárias e gordura. O procedimento pode ser associado à colocação de uma pequena prótese para sustentação das mamas.

Na mastopexia de substituição, é realizada a remoção de um volume maior de tecidos, glândulas e gordura, possibilitando a colocação de uma prótese de silicone mais volumosa. Este implante é colocado abaixo do músculo da região, dando mais suporte aos novos seios.

Como o procedimento é realizado?

A mastopexia de substituição é precedida da mamoplastia, e a incisão cirúrgica realizada na paciente visa remover parte dos tecidos e possibilitar a colocação da prótese. O cirurgião plástico remove o excesso de pele e demais tecidos da região, liberando espaço para colocar um grande volume de silicone.

Em seguida, é feita uma sutura e fechamento da incisão. Uma vez que o procedimento remove uma quantidade maior de tecidos, é possível aliviar um significativo peso sobre a pele, eliminando o caimento e permitindo que os seios voltem a exibir uma aparência mais firme e com contornos definidos.

Orientações para o pós-operatório

As recomendações pós-operatórias de uma mastopexia de substituição são muito parecidas com as de qualquer outra cirurgia de mama:

  • Evitar esforço físico nos primeiros 15 dias;
  • Usar sutiã cirúrgico por 30 dias;
  • Evitar levantar os braços nos primeiros dias;
  • Evitar deitar-se de lado ou de bruços;
  • Tomar as medicações receitadas pelo médico.

Benefícios e desvantagens da mastopexia de substituição

Os excelentes resultados que podem ser alcançados a partir da mastopexia de substituição estão entre as principais vantagens do procedimento, já que a cirurgia permite que:

  • O colo fique mais destacado;
  • As mamas sejam corrigidas, eliminando assimetrias e imperfeições;
  • Seja reduzida a possibilidade de desenvolver câncer de mama;
  • A pele apresente maior resistência e menor flacidez ao longo do envelhecimento.

Por outro lado, a mastopexia de substituição pode fazer com que a mulher tenha mais dificuldades para amamentar e oferece maiores risco de complicação da cicatrização. Caso seja necessário remover os implantes futuramente, também haverá um significativo comprometimento do volume mamário.

Qual a diferença entre mastopexia e demais mamoplastias?

Existem diversos tipos de cirurgia de mama, e cada uma delas é mais indicada para uma situação. A mamoplastia redutora, por exemplo, é recomendada quando o volume dos seios é excessivo e prejudicial à coluna e bem-estar da paciente. A mamoplastia de aumento visa aumentar os seios por meio da colocação de implantes de silicone.

A cirurgia de reconstrução mamária, por sua vez, é indicada para casos em que a mulher precisou remover os seios (por câncer ou algum acidente). A mastopexia é indicada para elevar as mamas, podendo ser convencional, com próteses ou a mamoplastia de substituição. Para saber qual a operação mais adequada para você, converse com um especialista.

Entre em contato conosco e marque uma consulta para tirar dúvidas sobre esse e outros procedimentos.

Fonte:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

ATENDIMENTO PARTICULAR

Preencha o formulário e aguarde nosso contato ou se preferir, ligue: (11) 3062-6122