Fale conosco pelo WhatsApp

Mentoplastia

imagem de uma mulher

Imagem: Shutterstock

Saiba em quais casos o procedimento é indicado, como é realizado e quais cuidados o paciente deve ter antes e depois da cirurgia

O queixo tem um papel importante na harmonia do rosto, definindo o formato facial e exercendo uma função estética e funcional. Mas há casos em que a pessoa não se sente satisfeita com a aparência que vê ao se olhar no espelho. Para essas situações, é possível fazer uma

, conhecida também como cirurgia de queixo, cirurgia do contorno cervical ou genioplastia. Trata-se de um procedimento cirúrgico indicado para quem está insatisfeito em relação à harmonia entre o queixo e as demais regiões do rosto.

Nela, o objetivo do cirurgião é remodelar esta parte da face para promover maior equilíbrio às proporções faciais. Além de estética, a mentoplastia corrige alterações funcionais que podem, devido ao tamanho do queixo, levar à dificuldade de mastigação e de respiração, como a apneia obstrutiva do sono.

A cirurgia pode ser realizada com a colocação de implantes ou utilizando o próprio osso do paciente. O cirurgião plástico faz pequenas fraturas no osso para que, assim, ele consiga aumentar ou diminuir o tamanho do queixo.

Para que a melhor harmonização facial seja conquistada, a mentoplastia pode ser realizada em associação com outros procedimentos, como cirurgia no nariz (rinoplastia) ou de papada, para eliminar o excesso de gordura da região.

Quando a mentoplastia é indicada?

A mentoplastia é indicada para os pacientes que apresentam algum tipo de desproporção entre o queixo e o resto do rosto. Suas principais indicações são para os seguintes casos:

  • Macrogenia: condição que se apresenta quando o queixo do paciente é proeminente (avançado);
  • Microgenia: quando o queixo tem uma proporção menor do que a ideal;
  • Assimetria: quando apenas um dos lados do queixo é pequeno ou proeminente.

O procedimento é indicado para pessoas acima de 17 anos, pois nessa idade os ossos da face já estão completamente desenvolvidos. Além disso, quem faz uso de aparelhos dentários deve esperar até dois anos para realizar a mentoplastia.

Como a mentoplastia é realizada?

A cirurgia de mentoplastia é um procedimento relativamente rápido e simples — dura cerca de uma hora. Com o paciente sob anestesia (que pode ser local, dependendo da avaliação médica, com ou sem sedação, ou geral), o cirurgião plástico faz uma incisão de aproximadamente 4 cm dentro da boca do paciente (ou seja, a cirurgia não deixa cicatrizes externas) para separar a ponta do osso da mandíbula.

Em seguida, esse fragmento de osso é reposicionado e fixado na posição desejada com a utilização de parafusos de titânio. Também é possível a colocação de um implante para a correção da microgenia.

Para realizar a mentoplastia o cirurgião pode fazer uso de três técnicas:

  • Cirurgia ortognática:nela, o especialista manipula o osso do maxilar e da mandíbula com o objetivo de melhorar a adequação do queixo em relação aos dentes;
  • Uso de Porex:trata-se de um polietileno biocompatível com o organismo que é implantado quando o objetivo é aumentar o tamanho do queixo; 
  • Prótese de silicone:é a prática adotada quando o queixo é retraído.

A alta hospitalar, em geral, é dada em até 24 horas.

Cuidados pré-operatórios da mentoplastia

Quando o paciente procura um especialista com o desejo de realizar a mentoplastia, o cirurgião plástico inicialmente fará uma avaliação detalhada do rosto da pessoa, observando as características do queixo, o terço inferior do rosto e a face de maneira geral.

Decidida a cirurgia, o médico solicitará alguns exames pré-operatórios, como exames laboratoriais de sangue e eletrocardiograma.

Outras recomendações antes da cirurgia de mentoplastia incluem:

  • Comunicar o médico em caso de ocorrência de infecções na garganta ou dentárias e viroses nos dias que antecedem a cirurgia;
  • Evitar o uso de anticoagulantes dez dias antes da cirurgia, pois eles podem aumentar o risco de sangramento durante a mentoplastia;
  • Em caso de anestesia geral, o médico indicará jejum completo. Se a anestesia for local, a recomendação é fazer uma refeição leve até 6 horas antes da mentoplastia.

Um cuidado importante que o paciente deve ter é em relação à escolha do médico e do local para a realização da mentoplastia. O procedimento deve ser feito em centro cirúrgico, com toda a infraestrutura necessária para que ele seja realizado de maneira segura para o paciente.

Além disso, deve-se verificar a experiência do cirurgião plástico neste tipo de cirurgia e se ele é membro de uma sociedade especializada, como a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cuidados pós-operatórios da mentoplastia

De maneira geral, o pós-operatório da mentoplastia não chega a causar dores intensas, mas é normal que o paciente sinta dormência no queixo, no lábio e nos dentes inferiores. Além disso, nos primeiros dias pode haver inchaço no local, que tende a desaparecer dentro de 7 a 10 dias.

O tempo de recuperação completa pode levar algumas semanas. Para que tudo ocorra como o esperado é importante ter atenção às recomendações do cirurgião plástico.

Veja quais cuidados é preciso ter após a cirurgia de mentoplastia:

  • Permaneça em repouso completo pelo menos um dia após a mentoplastia;
  • Na hora de dormir, mantenha a cabeceira da cama elevada e procure dormir virado de barriga para cima;
  • Evite se expor ao sol;
  • Só retome a prática de atividades físicas depois de autorização médica;
  • Não fume, pois o cigarro interfere no processo de cicatrização;
  • Evite traumas no local;
  • Faça dieta líquida e pastosa nos primeiros dias e evite consumir alimentos muito quentes;
  • Embora possa parecer difícil e incômodo, é preciso manter a higiene bucal no período de recuperação. Para isso, use uma escova macia;
  • Faça compressas de gelo no local para diminuir o inchaço;
  • Caso queira, faça sessões de drenagem linfática, até três vezes por semana, para reduzir o inchaço na região;
  • Faça uso das medicações recomendadas pelo médico para controle da dor.

Resultados da mentoplastia

Assim como ocorre com qualquer cirurgia plástica, os resultados da mentoplastia não são imediatos, podendo demorar de três a seis meses para que as diferenças sejam notadas.

A mentoplastia não traz mudanças significativas na fisionomia do rosto. Ela apenas proporciona um maior equilíbrio facial, mantendo as características individuais do paciente para que os resultados sejam os mais naturais possíveis.

Muito raramente, a mentoplastia apresenta riscos, mas podem ocorrer sangramentos na boca e no nariz e, nos casos mais graves, perda da sensibilidade no rosto. Porém, esses riscos são minimizados quando o procedimento é feito por um cirurgião especializado e em um local adequado.

Entre em contato conosco e marque uma consulta para tirar suas dúvidas sobre a cirurgia de mentoplastia.

Fontes:

Clínica Clincer

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Revista de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial

ATENDIMENTO PARTICULAR

Preencha o formulário e aguarde nosso contato ou se preferir, ligue: (11) 3062-6122

Ao clicar em enviar os dados, você concorda com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE


QUEM TEM UMA
BOA IMAGEM
TEM TUDO.

Entre em contato
conosco e agende
sua consulta

Atendimento pelo WhatsApp

Fale conosco pelo WhatsApp (11) 99318-1644