Fale conosco pelo WhatsApp Cirurgia Plástica Facial: Qual é a ideal? - Clínica Clincer

A maioria das pessoas gosta de manter a jovialidade e beleza da pele por meio de cuidados diários com o rosto, comumente chamados de skin care. Entretanto, mesmo a pessoa mais cuidadosa certamente terá de lidar com os sinais de envelhecimento na pele, sobretudo as rugas, flacidez e linhas de expressão. Quando isso acontece, um dos procedimentos mais procurados é a cirurgia plástica facial.

Marcações nos olhos da paciente antes de cirurgia plástica facial Imagem: Shutterstock

A cirurgia plástica facial, também conhecida como lifting facial ou ritidoplastia, tem por objetivo tratar os indícios de envelhecimento facial e rejuvenescer a região. Mas esta não é a única cirurgia que pode aumentar a jovialidade do rosto. Confira a seguir quais são as principais cirurgias plásticas no rosto com informações cedidas pela equipe de especialistas da Clínica Clincer.

Quais são os tipos de cirurgia plástica facial?

O envelhecimento é um processo natural do organismo humano e não pode ser interrompido. Apesar disso, a medicina estética avançou o suficiente para melhorar alguns dos sinais que mais incomodam os pacientes, permitindo que o indivíduo postergue os indícios de envelhecimento e fique mais satisfeito com sua aparência.

O cirurgião plástico pode escolher vários tipos de cirurgia plástica facial para melhorar os aspectos que não são do agrado do paciente. Para isso, o profissional avaliará uma série de fatores como a estrutura óssea, componente muscular e pele, além de seu estado de saúde e histórico médico.

Essa avaliação minuciosa é de extrema importância. Isso porque é por meio dela que o cirurgião plástico definirá qual procedimento cirúrgico será capaz de promover o resultado esperado pelo paciente, respeitando suas características físicas para que haja harmonia e naturalidade no resultado.

É possível elencar 5 cirurgias como sendo as principais quando o assunto é rejuvenescimento facial. São elas:

Também conhecida como cirurgia do queixo, a mentoplastia é o tipo de cirurgia plástica facial que tem como objetivo remodelar o queixo e promover uma aparência mais harmoniosa para o rosto. O procedimento é indicado para os pacientes que apresentam algum tipo de desproporção entre o queixo e o resto do rosto. Algumas das situações nas quais a técnica cirúrgica é indicada são:

  • Macrogenia, quando o queixo do indivíduo é proeminente;
  • Microgenia, quando o queixo tem uma proporção menor do que a ideal;
  • Assimetria, quando apenas um dos lados do queixo é pequeno ou proeminente.

Com o paciente sob anestesia, o cirurgião plástico faz a separação da ponta do osso da mandíbula por meio de uma incisão de 4 centímetros realizada dentro da boca. Na sequência, esse fragmento de osso é reposicionado e fixado na posição desejada com a utilização de parafusos de titânio. Também é possível a colocação de um implante justaperiostal para a correção da microgenia.

Assim como na ritidoplastia, cada procedimento terá uma duração específica. No entanto, a mentoplastia costuma levar cerca de uma hora para ser concluída.

A rinoplastia é um dos tipos de cirurgia plástica facial mais conhecidos pelos pacientes, sendo realizada com frequência em celebridades do cinema, das novelas e da internet. Segundo uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a rinoplastia correspondeu a 4,4% das cirurgias realizadas em 2018.

A rinoplastia é uma cirurgia que tem por funcionalidade melhorar a aparência do nariz, que pode apresentar um aspecto achatado, desviado, ser muito grande ou pequeno em relação ao restante da face, entre outras características. O procedimento é indicado para homens e mulheres que estejam insatisfeitos com o formato do nariz. É importante que o paciente tenha mais de 15 anos, pois até esta fase o corpo ainda está em desenvolvimento, e é possível que a aparência da região nasal seja modificada durante o processo.

A cirurgia plástica facial com foco no nariz é realizada com o paciente sob anestesia geral ou local + sedação. O passo a passo do procedimento dependerá da técnica utilizada pelo cirurgião plástico, que pode ser aberta (exorrinoplastia) ou fechada (endonasal). Para saber mais detalhes sobre cada técnica cirúrgica é fundamental obter a avaliação de um cirurgião plástico de confiança e qualidade.

A otoplastia é a cirurgia voltada para a correção do formato das orelhas, remodelando sobretudo a condição popularmente chamada de “orelhas de abano”. O procedimento é indicado quando as orelhas possuem um formato irregular ou quando não têm um formato compatível com o restante da face. A cirurgia de orelhas pode ser realizada em pacientes de todas as idades, sendo que os indivíduos menores de idade precisam do acompanhamento e liberação de um responsável legal.

A otoplastia é um procedimento realizado com o paciente sob anestesia local ou anestesia local + sedação. Isso porque o procedimento é considerado simples, com tempo de duração que gira em torno de 1h30 a 2 horas. É importante destacar que a duração do procedimento está diretamente ligada às complexidades do paciente, portanto, para saber qual é o tempo médio para a realização da otoplastia no seu caso é preciso fazer a consulta presencial com o cirurgião plástico.

Este é o tipo de cirurgia plástica facial que tem por objetivo melhorar a aparência da região dos olhos. A blefaroplastia é recomendada para os pacientes que apresentam um ou mais dos seguintes aspectos:

  • Excesso de flacidez nas pálpebras;
  • Bolsa de gordura nas pálpebras inferiores;
  • Pseudoptose palpebral (queda por excesso de pele, o blefarocalásio);
  • Ptose palpebral (queda da pálpebra por razões musculares);
  • Remoção de xantelasma (bola de colesterol na região da pálpebra).

Geralmente, a anestesia local junto de sedação é a conduta mais adotada na cirurgia das pálpebras. O procedimento pode ser feito somente nas pálpebras inferiores, nas superiores ou em ambas. A finalidade da cirurgia é remover o excesso de gordura e flacidez na região desejada pelo paciente.

Fechar Menu